Refeitório Social na capital cearense

Entre as ações de assistência a pessoas em situação de rua, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS) desenvolveu para a capital cearense um restaurante social, ainda na minha gestão de Secretário em 2019. O equipamento incrementa a rede de assistência social destinada à população em situação de rua de Fortaleza. As refeições são gratuitas e destinadas exclusivamente às pessoas cadastradas pela Prefeitura nos abrigos, pousadas sociais, acolhimentos e Centro Pop.

O equipamento, vinculado à Secretaria dos Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS), traz um cardápio no qual, acontece de forma variada com no mínimo três tipos de proteínas (carne, frango, peixe etc), acompanhamentos (arroz e feijão), guarnições (farofa, cuscuz e macarrão), salada crua ou cozida, sobremesa (fruta ou doce) e suco. O local conta ainda com a atuação de técnicos e nutricionistas e segue a Política Municipal de Segurança Alimentar, promovendo acesso à alimentação adequada para pessoas em vulnerabilidade social.

O Refeitório fortalece a rede de assistência à população de rua de Fortaleza e é localizado estrategicamente no Centro da cidade (Rua Padre Mororó, 686), próximo ao Cemitério São João Batista, onde segundo o Censo realizado, é o local de maior concentração desse público. Isso representa a preocupação da Prefeitura, juntamente com a SDHDS em melhorar a condição de vida dos menos favorecidos.

Cadastro Único no Refeitório

Vale lembrar que o Refeitório Social também é um local para realização do Cadastro Único.

Para fazer o Cadastro Único é necessário apresentar RG, CPF, título de eleitor, comprovante de endereço (caso possua), comprovante de matrícula escolar das crianças e jovens até 17 anos e carteira de trabalho. O atendimento é realizado por ordem de chegada.

O Cadastro Único é importante para pessoas terem acesso aos programas sociais do Governo Federal, Estadual e Municipal, além de servir como parâmetro para melhorias de políticas públicas.

Fonte: Prefeitura de Fortaleza

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.